domingo, 24 de junho de 2007

S e m p r e s s ã o

Escrever? Poetar?
Sem pressão!
Que assim de tão cheia de sustos
Perco me sem expressão

Deixa-me livre
À vontade em meus devaneios
Sem freios ou exigências
Me prefiro assim, nas ausências

Que aí sim,
brotam enfim,
As palavras que tanto
Anseia a inspiração em mim!

Jun 07

Nenhum comentário: